Espaços Naturais

Cursos e Estágios de Alpinismo

  • PEDRO GUEDES

    PEDRO GUEDES

Iniciou cedo o gosto pela montanha e aos 8 anos de idade, percorria já de mochila às costas, e em autonomia as serras portuguesas. Desde Arga, o Gerês, Barroso, Alvão, Marão, Montemuro, Freita, S. Macário, Estrela, Lousã, entre outras. Com 13 anos de idade iniciou a escalada em rocha, percorrendo as diversas paredes de escalada desportiva, assim como de escalada clássica. Com 18 anos de idade partiu para uma travessia de quinze dias pelos Pirenéus onde ascendeu a alguns cumes, tudo em completa autonomia, sem refúgios e sem abastecimentos.

A partir de 1995 entra completamente no mundo dos Alpinismo, dando início à escalada em gelo e ao alpinismo. Nesse mesmo ano parte para os Alpes, onde escala a diversos cumes.
Desde essa altura foca-se nas actividades de Alpinismo assim como a percorrer as diversas paredes de Escalada clássica.

Aos 22 anos participa num Estágio de monitores no Clube Nacional de Montanhismo – Norte. Este estágio teve a duração de um ano e meio, com participação em diversas formações e trabalhos obrigatórios, e ao qual sai credenciado monitor do Clube Nacional de Montanhismo – Norte. Em 2000 é credenciado monitor pela Escola Nacional de Montanhismo.

Escalou vias mais clássicas de escalada em rocha, na Mizarela (Splash, Diedro, via do Monitor…), na Meadinha (a Escaleras, S, Meadinha, Autopista…), todas as vias do Pequeno Half Dome, no Cantaro Magro ( Y, Via Nossa, Luso Galaica…), no Covão do Ferro (a via Láctea), no Gerês (Roca do Pinhó, Rocalva, Roca Negra, Cutelo de Pias, Pé de Cabril, Fraga do Cavalhão…), assim como em Quirós, nos Alpes, nos Pirinéus, entre muitas outras…
De entre as muitas actividades que efectuou destacam-se diversas vias pelos maciços de Espanha: Na Peña Ubina (como Clássica Norte, Diagonal Norte, Elixir de la Suerte, Aresta NE, Esporão Sul); nos Fontanes (Diagonal dos Fontanes); Face Norte da Ubina Pequena; nos Picos da Europa (Canal Diedro na Peña Olvidada e travessia até Pena Vieja); em Gredos ( Canal de La Mina no Morezon, Face Norte do Almanzor, integral de Gredos…); nos Pirineus (Canal Estasen no Aneto, Travessia pela cresta Maldito Aneto, Canal diedro no Pico de Alba, Corredor de Gaube…) entre outras vias…. Assim como diversas ascensões clássicas como Morezon, Almanzor, Galana, Casquerazo, Pena Ubina, Cerreos, Colines, El Prau, El Siete, Fontanes, Ubina Pequena, Farinentu, Maldito, Pico del Medio, Colines, Aneto, Maladetas, Pico de Alba, Mulleres, Vallibierna, Arragueles, Perdiguero, Posets, Monte Perdido, Cilindro, Gabieto, Taillon, Vignemale, Cerbillona, Inferno….

Ao longo de todos estes anos percorreu diversas montanhas, mas sendo que é nos Alpes onde encontra a montanha de eleição e paixão. Aqui volta todos os anos de forma constante desde 1995 inclusive no Inverno. Das muitas vias e ascensões destaca: Agulha do L´M via NE, Agulha do Peigne pela via aresta dos Papillons, Pyramide do Tacul, Mont Blanc do Tacul Contamine-Grisolle, Face Norte da Tour Ronde, Gervasutti na Tour Ronde, Aresta Freshfield na Tour Ronde, Travessia da Agulha d'Entreves, Aresta das Cosmiques, via Rebuffatt no Esporão das Cosmiques, Gabarrou Albinoni no Tacul, Petit Viking na Punta Domino, Face Norte da Petite Verte, Couloir Chevalier na Petit Verte, Y na Agulha d'Argentiere, aresta Mettier nas Domes, Face Norte da Tete Blanche, Corredor do Plan na Agulha do Midi, via L'Hepidopteres na Agulha do Midi, Travessia das Courtes, Face Norte da Agulha do Toule, Aresta Norte do Alphubel, Travessia do Castor, Aresta SE do Index, via SSE da Agulha da Charlanon, travessia da Clocher Clocheton, Mani Puliti e Nez Rouge na Agulha de la Gliére, Face Este das Crochues, Chapelle de la Giliére, Face NO da Tete Blanche, entre outras… Também ascensões clássicas como, Monte Branco via Gouter, Monte Branco pela travessia dos 3 montes, Domes de Miage, Agulha do Tour, Tete Blanche, Petite Fourche, Petite Verte, Agulha d'Argentiére, Agulha do Toule pela Sul, Petite Flambeau, Travessia das Pointes Lachenal, Travessia das Crochues, Mont Blanc do Tacul, Tour Ronde, Pointe Isabella, Petite Mont Blanc, Breithorn, Monte Rosa, Pollux, Allalihorn, Castor, entre muito outros cumes.

Dedica-se profissionalmente à organização de formações, estágios e expedições de Alpinismo no Nepal, Rússia, Turquia, Andes, entre diversas montanhas.

  • +351 932 039 496
  • https://twitter.com/espacosnaturais